Dia da Mãe - "A MÃE"

Se precisarem de um presente de última hora e não souberem bem o que é que devem oferecer - chamem a Miss DeBlogger! Eu sou a mestre da procrastinação e trabalho bem sob pressão. Fui ao centro comercial à procura de qualquer coisa distintiva para oferecer à minha mãe e eis senão quando encontro este livrinho com o título "A Mãe" escrito pela autora Pearl S. Buck que em 1938 foi galardoada com o prémio Nobel da Literatura. Bingo! 


Mensário: Para mim, Abril

Fotografia do Banco de Portugal em Évora a ver-se a placa da Rua Romão Ramalho (Antiga Rua da Cadeia).

Abril foi sobretudo um mês de aprendizagem para mim. Aprender com os erros, aprender a respeitar, aprender em quem devo confiar, aprender a não ser demasiado dura para com os outros e, em especial, para comigo mesma. Por fim, aprender a aceitar  que ninguém sai ileso desta grande Aventura. Todos nós caímos. Todos nós nos levantamos. O que importa é aceitar que vamos cair novamente e que não faz mal. É, afinal de contas, a Vida!


Liberdade: Direito ou Privilégio?

Bom dia, cumprimento com um sorriso tímido o motorista do autocarro. Hoje é um motorista, ontem foi outro, amanhã logo se verá. Mas enquanto tento espremer-me pelo corredor de acesso aos bancos vejo as mesmas pessoas e as mesmas expressões de sempre. Pertencem, na maioria, a mulheres. E elas vão trabalhar? Vão estudar? Vão visitar um amigo? Não me intrometo no destino delas, mas uma coisa é certa: sei que para estarem ali não tiveram de pedir autorização aos pais ou aos maridos. E eu sou uma no meio delas. Outra privilegiada que ali vai mais uma vez noutra manhã igual a tantas outras. Igual? Sento-me. Tiro o telemóvel do bolso e acedo ao calendário. Hoje é dia 26 de Abril. Um dia como os outros, o dia que sucede ao feriado que celebra a Liberdade em Portugal. 



Da Magia à Distopia: Dia Mundial do Livro


Aquilo que molda quem nós somos e a forma como lidamos com as pessoas, com os animais, com o trabalho, com a escola, com os objectos, etc., ad nauseum, são os acontecimentos que de forma inesperada captam a nossa atenção ou se intrometem de maneira mais ou menos violenta nas nossas vidas da mesma forma como a descoberta dos filmes Matilda e Harry Potter e a Pedra Filosofal - entre tantos outros - me fizeram sonhar com algo mais extraordinário do que apenas mais um dia na minha própria pele. Ou ainda o facto de a minha professora Maria José, na Primária, me pedir para escrever uma história sobre o curso de uma gota de água que, consequentemente, me levou a aperceber que a minha relação com as palavras era, já na altura, muito mais próxima e intensa do que a mera acção de rascunhar o alfabeto repetidas vezes ao longo de várias linhas. 

15 Minutos de Comida em Miniatura!

A minha vida transformou-se num caos. Recomecei as idas ao ginásio e ainda estou a habituar-me aos meus novos horários de treino e a conciliá-los com a minha vida pessoal e o blogue. No seguimento de recomeçar a minha actividade física, estou também a fazer algumas alterações na minha dieta e devo admitir que é bastante difícil cumprir com rigor uma dieta saudável quando sou seduzida por pequenos tesouros da culinária que me lembram do quão maravilhosa é uma lasanha acabada de sair do forno. Mesmo em tamanho XXXS!